Esta obra foi um dos aspectos de esforço da vida do mestre iogue indiano, que se dedicou a despertar as pessoas, tanto do Oriente quanto do Ocidente, para uma percepção mais profunda da divindade, inata e latente em cada ser humano. 

Yogananda, tal como os sábios iluminados de todas as tradições espirituais, notou que subjacente às doutrinas e práticas das diversas religiões está uma só Verdade, e ao longo de sua existência dedicou-se a apresentá-la e – sobretudo – ensinar a experimentá-la todos aqueles que o procuraram em busca de um sentido maior para suas vidas. 

Neste livro, ele traz a profunda afinidade entre os ensinamentos da antiga ciência da Yoga e os escritos de um dos maiores e mais incompreendidos poetas místicos do mundo islâmico: Omar Khayyam. 

O Rubaiyat, conhecido mundialmente através da tradução do escritor inglês Edward FitzGerald, tem uma série de interpretações e que, segundo Yogananda, destoam do significado real e profundo, baseado na sabedoria sufi. Nesse título, o pai da Yoga no Ocidente se propõe a elucidar o tesouro por trás das palavras do poeta persa, trazendo uma outra perspectiva, mística, da escritura. 

É um convite a quem deseja conhecer mais sobre os ensinamentos seculares do Oriente Médio, sua sintonia com a Yoga, e – sobretudo – uma proposição à experiência direta do divino em nós. 

Algumas frases inspiradoras

“Onde a falta de vigilância põe em risco a vida, não é seguro dormir. É, portanto, imprudente dormitar nos pórticos escuros dos maus hábitos que expõem a um perigo mortal a sabedoria e a verdadeira felicidade.”

“O homem sábio abandona o falso orgulho da autoperfeição, o pensamento de “estou muito bem como sou”. Usando a rede da introspecção, ele captura a ilusão e a destrói.”

“Abandone a modorra dos hábitos ignorantes e desperte a sabedoria praticando os bons hábitos, os únicos que podem libertar a vida do perigo e coroá-la com felicidade duradoura.”

“Destrua o falso orgulho. Desperte a alma e permaneça sempre desperto, empenhando-se a cada dia em ser diferente e melhor de todas as maneiras.”

“Sua alma não foi feita para ficar prisioneira da paixão, para dormir atrás das grades da ignorância. Arranque a si próprio do estupor da preguiça; avance velozmente realizando atividades construtivas e capture o êxito na rede da criatividade da alma.”

Link para adquirir o livro: https://www.omnisciencia.com.br/pre-venda-o-vinho-do-mistico-envios-a-partir-do-dia-05072022